UK e a Monotonia na Comida

Já faz um tempo que penso em escrever esse post já que efetivamente a monotonia é uma característica bem forte da comida do Reino Unido, aliás da Irlanda também. Bom, no fundo, é essa a razão da fama da “culinária” britânica.

O que dá o tom da comida por aqui é a monotonia e a mais absoluta falta de criatividade. Não quero parecer reclamão, alias não estou reclamando, apenas fazendo uma constatação.

Para aqueles que estão acostumados com diversidade de ingredientes e preparações é realmente um enorme tédio a cozinha do dia a dia por aqui. Desde comida feita em casa, até os take away, lunch time restaurants, os restaurantes de bairro e dos pubs.

Tenho amigos estrangeiros de vários locais distintos e quase todos eles pensam da mesma forma. As exceções são pessoas originárias de lugares onde a variedade é ainda menor, como por exemplo Lituânia, Islândia e….. acho é só 🙂

Muitos podem argumentar que essa monotonia é por que eles estão acostumados, sentem-se confortáveis, etc.. Essa sem dúvida alguma pode ser uma das explicações mas não convence e explico o porque mais a frente.

Basta ir a qualquer restaurante ou pub e ver que todos os pratos são absolutamente iguais, com os mesmos ingredientes e temperos.

Existem muitos restaurantes indianos e similares, muito kebab, alguns mexicanos, noodles bar e obviamente tudo carregado de curry. Burrito com curry, yaki soba com curry, kebab com curry, não me surpreenderia se tivéssemos por aqui o McCurry!!!!. Enfim tem curry em tudo.

Normalmente os menus seguem essa linha:

Entradas

  1. Sopa do Dia. Em 90% das vezes sopa de ervilha ou legumes (batata, salsão e cenoura). Os 10% restantes são sopa de tomate ou minestrone. Dá pra achar outra? Sim, mas vai andar muito e vai ser vichyssoise. Sopa de Cebola? De queijo? Canja? Sopa de Ervilha? Brócolis ou Couve Flor? Abóbora? Beterraba? Nem pensar e o curioso é que todos os ingredientes para fazer diferente existem aqui. Na Irlanda ainda tem o delicioso Chowder, inexistente por essas bandas.lentil.jpg
  2. Salmão defumado com ovo e maionese. Raras vezes você encontra salmão com mexilhões por exemplo.smoked_salmon.jpeg
  3. Quando o local é arrojado pode ter fish cake ou ainda arancini.fish-cakes-with-sweet-chilli-sauce.jpg
  4. Black pudding com maçã ou figo, bacon e queijo.rosti_black_pudding.jpg
  5. Haggis, Tatties and Neeps que é o Haggis, purê de batata e purê de nabo (As vezes com gengibre, as vezes com cenoura).haggis_tatties.jpg

Prato Principal OU Hambúrguer

  1. Hambúrguer em diversas 3 ou 4  versões sendo que as que tem queijo, ele NUNCA é derretido e é sempre uma fatia para finalizar.burguer.jpg
  2. Fish and Chips. Sempre de Cod ou Haddock. Não tem outro peixe por aqui?takeaway-fish-and-chips.png
  3. Steak Pie, que é basicamente uma torta de massa folhada como cobertura de um cozido de carne com cenoura e gravy. Impressionante que não exista Chicken Pie, a “famosa” British Pie também não existe, Ricota com Espinafre somente em Canelones em restaurantes italianos, Shrimp Pie? Nem pensar!Steak-Pie1.jpg
  4. Filé de peito de frango cozido sempre em um molho de curry e com raríssimas exceções molho branco ou de tomate. Pensar em fazer um filé a milanesa? De vez em quando é possível achar. Se achar coma pois pode ser a ultima vez. A Parmegiana? No way!chicken.jpg
  5. Sirloin Steak (Add 3 pounds). Um bom pedaço de contra filé grelhado, em geral com legumes grelhados. Honestamente não vi nenhum outro corte de carne exceto o filé mignon. steak.JPG

Obviamente o acompanhamento de tudo pode ser uma escolha entre Chips ou Mash Potato, incluindo o acompanhamento de Pizzas. Sim é comum pizza com batata frita.

Falando em Pizza, existem dezenas ou talvez centenas de pizzarias por aqui. No caso de Glasgow, apenas 2 tem forno a lenha!

Algumas vezes é possível encontrar arroz ou risoto como acompanhamento, embora não seja comum.

Claro que essa é uma grande simplificação dos cardápios, mas de fato após sair para jantar fora 2 vezes por mês, depois de 6 meses você cansa… tudo igual, muito parecido em termos de visual, cheiro e sabor. Isso quando a cozinha não fecha as 21:00 horas como na maioria dos lugares.

Por outro lado restaurantes chineses, espanhóis (super caros. Sempre achei a comida espanhola over rated.), italianos, mexicanos, thai, persa, japonês (Vai um Gioza ao molho de curry?) tem opções interessantes de comida (Desde que você escolha algo que não leva curry o que no caso dos indianos e paquistaneses é quase impossível).

Pode-se alegar que é uma questão de hábito, de facilidade de fazer, ou mesmo porque aqui muita gente não cozinha e a comida é take away, de redução de custo de preparo e estoque (Esse para mim é o principal motivo. Aqui tudo é medido em quanto custa e nada mais importa), e de falta de imaginação (Outro motivo que na minha opinião é determinante, preguiça de pensar).

Esse é um dos preços que pagamos e das annoyances que vivemos em função dos outros benefícios que viver no Reino Unido nos trás. Apenas para lembrar e dar a perspectiva de que nem tudo são flores.

Pode-se minimizar um pouco esse problema cozinhando em casa, embora não totalmente pois quase a mesma falta de imaginação se aplica aos produtos dos supermercados, mas felizmente a imigração indiana, oriental, africana e árabe é grande, então conseguimos encontrar produtos interessantes para sair da tradicionalmente conhecida péssima  e monótona (com toda a justiça) comida britânica.

Obviamente não passamos fome por aqui e a imensa maioria da população também não, o que é mais importante que variedade e criatividade.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s