NC500, a ‘route 66’ escocesa

Um dos meus sonhos mais antigos é um dia cruzar a rota 66 nos EUA. Sempre gostei de pegar estrada, e acho que todo mundo que tem o mesmo prazer que eu numa estrada sonha um dia viajar pela mais famosa rota do mundo. Para quem não sabe a rota 66 americana foi criada em 1926, e é formada por 2448 milhas (3939 km) de estradas cobrindo de Chicago a Los Angeles, passando por Missouri, Kansas, Oklahoma, Texas, New Mexico, e Arizona. Vários filmes já usaram a rota como cenário : Sem Destino, Bagdá Café, Thelma e Louise, Forrest Gump e o desenho animado Carros são os mais famosos.

Bom, eu ainda não consegui realizar este meu sonho antigo, mas continua na minha lista de desejos. Enquanto isso, estou aproveitando para conhecer a ‘rota 66’ escocesa : North Coast 500 ou NC500.

A rota NC500

A NC500 é uma rota turística que foi criada pela NHI(North Highland Initiative), idealizada pelo Príncipe Charles para divulgar a região das Highlands (montanhas do norte da Escócia). O alvo são pessoas com espírito aventureiro para percorrer 500 milhas (804 km) de estradas na maioria das vezes ‘single track'(faixa única), à beira de abismos, e passando por regiões pouco povoadas. O prêmio para a aventura é, além da adrenalina, as paisagens deslumbrantes e preservadas, que incluem montanhas, lagos, rios, praias, castelos, ruínas e muita história. Tudo isso em estradas bem conservadas, bem sinalizadas, e com boa infraestrutura turística nas pequenas cidades e vilas por onde passa.

A rota começa em Inverness, capital das Highlands, segue pela costa noroeste da Escócia até a vila mais ao norte da Escócia que se chama John O´Groats; e depois desce novamente pela costa leste da Escócia até Inverness. Dê uma olhada no mapa interativo abaixo.

Aproveitando a visita de uma querida amiga brasileira que já viajou o mundo, e disse que a estrada mais bonita que ela já tinha visto ficava na Escócia, resolvemos dividir nosso passeio entre Ilha de Skye (maravilhoso tema para um próximo post ! ) e a rota NC500, para confirmar o que ela já sabia ! Ela saiu mais do que convencida, né Ingrid ?!

PRIMEIRO DIA – Das alturas de Bealach na Ba até o mar de Ullapool

Nossa aventura não começou em Inverness, porque pegamos a rota após visitarmos a Ilha de Skye. Saímos de Kyle of Lochalsh, e pegamos a NC500 antes de Applecross.

O caminho até Applecross foi através de uma estrada com um nome gaélico : Bealach na Ba (Pass of the Cattle/Passagem de gado). Dirigir nesta estrada exige experiência porque ela é quase toda em faixa única, subindo entre as montanhas até atingir 626m acima do mar : desaconselhável para carros grandes. As paisagens deslumbrantes, com vistas incríveis da baía de Raasay e Skye, são o prêmio para os corajosos !

35636423645_e97eaa376f_o
Estrada Bealach na Ba (Pass of the Cattle/Passagem do gado)
35636450855_51cf1efd7b_o
Faixa única com pontos de passagem para um carro esperar o outro passar
34827704523_d6aabfc533_o
Da estrada vemos a Ilha de Raasay, e atrás dela a Ilha de Skye

Applecross é o nome de uma remota península de difícil acesso onde começou pra nós a magia da NC500 : bela praia; aventureiros de carro, moto e motohome; poucas casas; restaurante aconchegante; e infraestrututa básica para o pit stop dos aventureiros como posto de gasolina e banheiro público limpo.

34827714153_7043db2e74_o
Applecross
35211247730_6d2d937fbd_o
Applecross, praia de água limpa e muita pedra

 

Deixando Applecross para trás, voltamos para a estrada Bealach na Ba com suas imponentes montanhas e vista para o mar. Nosso destino para pousar neste primeiro dia de rota era Ullapool, a 137 km de Applecross.

35251539780_d2e3c3d08a_o
Saindo de Applecross com esta vista fantástica

35559069576_d59750c577_o

Deixando para trás as montanhas, abre-se o horizonte e as imagens pareciam cenas de filme ou foto para calendário : mar, ovelhas, gado, casinhas no meio do nada, e muito verde. Muitas paradas para apreciar, fotografar, e se emocionar com tanta beleza. Na estrada cruzamos muitos aventureiros fazendo a rota de carro ou de moto. Todos muito cautelosos, respeitando a sinalização de faixa única e os pontos de passagem.

35211234820_ea953bbdba_o
Casa estilo ‘cottage’ a beira mar na pequena cidade de Callakille
35251498170_92117aa576_o
Gado característico das Highlands escocesas(Highland cattle), posando pra foto na beira da estrada
35211222450_8b5fe68aa7_o
Uma das inúmeras espécies de ovelhas que embelezam a paisagem da Escócia, vivendo livres a beira da estrada
34829311663_e0a75aec3c_o
Paisagem paradisíaca em Fearnmore

As estradas são bem conservadas, e à beira do caminho passamos por pequenas vilas com apoio para a viagem. Porém é importante estar bem preparado com GPS, mapas, carregador para celular, tanque cheio, e suprimentos para eventualidades. Neste trecho da rota a bateria do celular acabou, não tínhamos carregador de celular no carro, e o GPS do nosso carro estava desatualizado. Contamos com a sorte para que a pequena e bela vila Kinlochewe aparecesse no nosso caminho para obtermos informação para seguir no rumo certo.

kinlochewe-450
Pequena vila de Kinlochewe Foto : http://www.undiscoveredscotland.co.uk
35636429905_c8f41d1f8d_o
Antes de chegar a Ullapool : um arco-íris para mostrar que estávamos no caminho certo

No começo da noite, chegamos a Ullapool, nosso destino para descansar deste dia cheio de aventura. Ullapool é uma pequena cidade à beira-mar, importante ponto turístico e base para quem vai explorar as Highlands e a costa noroeste da Escócia.

34827903613_90a01471ec_o-COLLAGE
Ullapool

SEGUNDO DIA – Rumo ao extremo norte do Reino Unido

Saímos de Ullapool logo cedo rumo a Durness no extremo NE da Escócia.

No caminho muitos lagos (loch em gaélico) de todos os tamanhos. Existe uma estimativa de que a Escócia tenha mais de 31.000 lagos, e eu não duvido porque a cada km rodado nas estradas da Escócia encontra-se um deles.

35459809771_f535f1fd4f_o
Saindo de Ullapool
35506282721_582b56628b_o
Loch Assynt
34748825364_971ee47b8c_o
Loch Glendubh

Nesta viagem conheci praias que estão entre as 10 mais do Reino Unido : mar de azul turquesa, areias brancas, rochas, penhascos, e muito verde. Uma tentação ! Mas dificilmente se vê alguém na água. Por quê ???? A água é muito gelada, e a temperatura ambiente por volta de 15 graus,  apesar do ‘ardente’ sol de Junho na Escócia! Apesar da tentação, não deu pra encarar um mergulho. Fica pra próxima !

Achmelvich com sua areia branca é um destino muito procurado pelos amantes de esportes aquáticos que gostam de acampar e viajar de trailler ou motohome, porque tem um camping e um caravan park (casas de madeira e estacionamento para trailler e motohome)  ao lado da praia.

35506252041_ce608afca3_o-COLLAGE
Achmelvich

Scourie é uma praia muito procurada para observação de pássaros marinhos. Infelizmente, não tive a sorte nem tempo para observar nenhum quando estive lá. O azul do mar é intenso, cercado por rochas e areia muito branca e fina. Rústica e muito tranquila, é mais um paraíso para camping.

35249957480_31eddb076b_o-COLLAGE
Scourie

Após um breve almoço em um restaurante à beira da praia de Scourie, pegamos a estrada novamente rumo ao extremo NE da NC500 : Durness.

Durness é uma praia rústica, rodeada de rochas e pequenos penhascos, mar de azul turquesa,e muitos pássaros. É muito conhecida entre os amantes de caminhada e montanhismo porque tem trilhas instigantes num cenário espetacular.

Além da praia, a caverna Smoo Cave é outro presente da natureza que compensa a jornada até os extremos do país. Esta caverna pode ser explorada a pé ou de barco, e tem uma entrada com mais de 15m de altura.

35551163256_626ab5e759_o-COLLAGE (1)
Durness
35562515111_8e5e3e44b8_o (1)
Distância de Durness até alguns lugares famosos no mundo
35589839475_1ea1ab2bf7_o-COLLAGE (1)
Distância até o ponto mais distante no norte da Escócia : John O’Groats

Rodamos metade da rota em um dia e meio, vimos paisagens inesquecíveis, e com certeza vamos voltar várias vezes para aproveitar toda a beleza que a Escócia tem em meio a montanhas, lagos e praias lindíssimos. Neste vídeo do site http://www.visitscotland.com você pode ver um pouco de tudo que a rota 66 escocesa tem pra explorar.

SITES ÚTEIS 

https://www.visitscotland.com/see-do/tours/driving-road-trips/north-coast-500/

http://www.northcoast500.com/

 

2 comentários sobre “NC500, a ‘route 66’ escocesa

  1. Muito legal…
    Acredito que deve ter sido inesquecível para vocês…
    Amei as fotos…
    Parabéns

    Nádia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s